Termina hoje (15), às 19h, o prazo para que partidos e coligações apresentem o pedido de registro de candidatura dos escolhidos para concorrer às eleições deste ano. O pleito será realizado em outubro e a população vai eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Na manhã de hoje 4.998 candidatos estavam registrados para o cargo de prefeito, 4.966 para o de vice-prefeito e 135.706 para o de vereador em todo o país. Os números estão no Sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (DivulgaCandContas), que pode ser acessado no site do Tribunal Superior Eleitoral  (TSE). A Justiça Eleitoral estima que o número de candidatos nas eleições municipais de 2016 fique entre 530 mil e 580 mil.
Fonte: Politica Livre
Por volta das 11:00 Hs da manhã desta quinta-feira (11), quatro assaltantes entraram no supermercado oliveira no centro de Inúbia no município de Piatã na Chapada Diamantina, todos os quatros assaltantes bem  armados. Em um palio prata, anunciaram o assalto e renderam a proprietária do supermercado e os funcionários,  que ficaram na mira das armas dos assaltantes  por cerca de 4 minutos  e levaram todo o dinheiro dos caixas, não temos informações da quantia roubada.

O que impressiona  é a rapidez com que o assalto foi realizado. Toda a ação levou apenas quatro minutos para ser realizada. Depois do assalto, os quatro saíram como se nada tivesse acontecido.

Até o fechamento dessa matéria a policia não havia chegado em inúbia para registrar a ocorrência.

Inúbia News

: Foram R$ 10 milhões de caixa dois para o PMDB de Michel Temer, em 2014, segundo a Veja, e R$ 23 milhões para o PSDB de José Serra, em 2010, segundo a Folha.
Estas são, em  resumo, as grandes novidades das delações da Odebrecht publicadas pela imprensa neste final de semana de largada da Olimpíada do Rio, na reta final do processo de impeachment de Dilma Rousseff.
Dois anos e cinco meses após a deflagração da Operação Lava Jato, as investigações chegam ao PMDB e ao PSDB, os dois grandes partidos que, ao lado do PT, denunciado desde o início, se revezam no comando da política brasileira desde a redemocratização do País.
No mesmo lote de novas delações, a maior empreiteira nacional citará a presidente afastada Dilma Rousseff que, segundo o marqueteiro João Santana, não só sabia, como coordenava a arrecadação de caixa dois para as suas campanhas.
O ex-presidente Lula, também citado em outras delações, já enfrenta meia dúzia de processos em Brasília, São Paulo e Curitiba.
Pelo andar da carruagem, ao final desse processo não restará ninguém para contar a história e acusar os adversários por corrupção, e nenhum líder político de expressão sobreviverá para reformar e reconstruir o apodrecido sistema político-partidário brasileiro a partir de 2018.
O cenário é de terra arrasada.
Os grandes partidos e as grandes empreiteiras nacionais saem destruídos desta guerra sem vencedores, que arrasou a nossa economia e instalou uma crise política sem precedentes e sem data para acabar.
Os maiores derrotados somos todos nós, cidadãos-contribuintes, assaltados por esta promíscua aliança público-privada, que gerou aumento da inflação, queda do PIB e um crescente deficit fiscal.
Em tenebrosas transações, agora reveladas, roubaram até a nossa esperança, e nos deixaram sem perspectivas de dias melhores, até onde a nossa vista alcança.
Peço desculpas aos leitores, pois sei que não é agradável tratar destes assuntos em pleno primeiro domingo olímpico, mas é a nossa triste realidade.
Vida que segue.
Fonte: Brasil 247
: Sem ser citado nem pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, o presidente interino Michel Temer (PMDB) foi alvo de uma sonora vaia nesta sexta (5) durante a abertura das Olimpíadas do Rio; o protesto contra Temer tomou conta do Maracanã já ao final do evento, quando ele foi ao microfone anunciar que os Jogos Olímpicos estavam oficialmente abertos; a fala do interino não durou dez segundos.

O presidente interino Michel Temer (PMDB) foi alvo de uma sonora vaia nesta sexta-feira (5) durante a abertura das Olimpíadas do Rio. O protesto contra Temer tomou conta do Maracanã já ao final do evento, quando ele foi ao microfone anunciar que os Jogos Olímpicos estavam oficialmente abertos.
Mais cedo, a blindagem ao interino Michel Temer, alvo de protestos no Rio de Janeiro e em São Paulo nesta sexta, motivou uma quebra de protocolo na Rio 2016. Temer não foi anunciado ao lado de Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional.
O protocolo previa a apresentação da dupla, mas apenas o segundo teve seu nome chamado ao microfone.
Atos documentados por Valter José de Oliveira (PT)expõem que, desde o ano de 2004, a luta diante da Coordenação do Comitê Gestor Estadual do Programa Luz para Todos, deu início aos Projetos de Eletrificação Rural das  comunidades: BARAUNINHA / LAGOA GRANDE / TAMBORIL/ CAINANA e BARRIGUDA no município  de Rio do Pires. Foi autorizado pelo ex-secretário da Secretaria de Infraestrutura Dr. Otto Alencar, no ano de 2011, no valor de R$ 1.327. 879, 12, para atender 111 residências. Infelizmente, por motivos burocráticos, não foi realizada.

Por indignação e por revolta, Valtinho e Clériston em reunião com Silvano Ragno, Superintendente de energia, e em conversa franca e direta com o governador Rui Costa no dia 09 de junho de 2016, os mesmos garantiram a implantação e execução da Obra, na sexta-feira, foi confirmada pela Coelba que iniciará no mês de agosto de 2016, sem prorrogação de data.
                      
O Líder político Valter concede ainda um balanço da obra a ser realizada nas localidades acima mencionadas do Programa LUZ PARA TODOS, no qual beneficiará
109 famílias trazendo benefícios a todos, tirando milhares de pessoas da escuridão e melhorando as  condições de vida do povo da região. Todo Projeto e realização da mesmacustará um investimento no valor deR$ 2.279.643,28.  A comunidade aguarda agora a implantação e execução da Obra.

Vale salientar que a conquista de execução da Obra de eletrificação citada, exigiu do líder político muito empenho e esforço, pois o mesmo conhece o drama vivido por todos moradoresda região.

Aos 31 dias do mês de julho foi realizada a Convenção Partidária onde ficou confirmada a candidatura de Valtinho ao cargo de prefeito e Cleriston a vice-prefeito no Município Rio do Pires.

O evento contou com a participação dos líderes partidários como: Yolete Nunes de Oliveira (PT), Agnaldo Ramos Pina (PSD), Getúlio Oliveira Silva (PSC), Joaquim Emídio dos Santos (PTN) e Helio Domingues de Macedo (PHS), líderes políticos, Vereadores e candidatos a Vereadores, Lourival, Carlinhos, Noga, Lete, Boy, Nengo, Hernando, Serrote, Gil de Gerson, Margarete, Diana e Irani Correia, assim como, os afamados Valtinho e Cleriston que com a força do povo concorrerão a chapa de Prefeito e Vice Prefeito.

Em cumprimento às Leis Eleitorais vigentes neste ano político de 2016, não foi realizado movimento popular, já que Valter e coligação tomaram todo cuidado em prezar pelo fiel cumprimento da Carta Magna que rege o país. É realidade entre nossa população riopirense, que não existe Política sem legalidade, sem integridade e os ditos candidatos se mantiveram atentos e solícitos a todas exigências legais.

Contudo, não se pode dizer o mesmo da coligação opositora, liderada por Vânio, Dey e Gildásio, que sem nenhum temor, agiram em desencontro com a lei, violando as recomendações da Comarca de Paramarim. Os mencionados forneceram transporte à pessoas que se encontravam impossibilitadas de se dirigirem até a sede, e, fizeram passeata pelas ruas da Cidade. Frente a tanta falta de respeito às Leis vigentes, o questionamento sobre se o grupo liderado por Vânio tem reais condições de governar a amada Rio do Pires vem a tona, uma vez que, não exitaram em atropelar a Constituição Eleitoral.



Fotos da Convenção que confirma Valtinho e Cleriston como candidatos à sucessão municipal.
Uma adolescente de 13 anos caiu de um prédio na tarde da última quarta-feira (27) por volta das 16h20, na Rua José Ferreira Rocha, no bairro Morada dos Pássaros III, em Vitória da Conquista, na região Sudoeste da Bahia. Conforme informações de testemunhas, a garota estava consciente, porém estava muito abalada com a queda devido ao forte impacto e sangrando pela boca. Devido ao acidente ela estava tendo dificuldades de fazer movimentos e estava sentindo muitas dores. A todo instante ela chorava e dizia que iria morrer. Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados e prestou atendimento a vítima que foi encaminhada para uma unidade de saúde mais próxima para receber atendimento médico especializado. As circunstâncias da queda da menina não foram esclarecidas.
Fonte: L12.com.br
“O meu sonho é ver a agricultura familiar tendo renda. É ver os filhos dos agricultores com desejo de se qualificar e voltando a produzir no campo, realimentando essa cultura de amor pela terra. No que depender de mim, vamos construir juntos uma agricultura familiar forte, com inclusão social, renda e educação no campo”. Rui reafirmou a parceria com os movimentos sociais durante evento do Fórum Baiano da Agricultura Familiar (FBAF), realizado na tarde desta quarta-feira (27), no Centro de Formação da Secretaria de Desenvolvimento Rural, no bairro de Itapuã, em Salvador.

O governador ainda ressaltou que um governo não constrói nada sozinho. “Somos nós que vamos construir e implementar uma política voltada para a agricultura familiar. Precisamos identificar o que falta, por exemplo, para que muitos agricultores familiares recebam seus títulos de terra. Eu não enxergo o desenvolvimento da Bahia sem incluir a agricultura familiar”. Ele informou que estão sendo aplicados, até 2018, R$ 1,5 bilhão apenas em fomento para a agricultura familiar. “São R$ 700 milhões do Banco Mundial, por meio do Bahia Produtiva, e R$ 300 milhões do Fida [Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola da Organização das Nações Unidas], e ainda há mais recursos de outras fontes, como do Fundo Combate à Pobreza e do governo federal.  O trabalho agora é fazer com que todas as ações sejam sustentáveis e duradouras, de fôlego longo, que estruture a agricultura e capacite o homem do campo para produzir mais e melhor”.

Rui também falou sobre a necessidade de se otimizar os recursos que estão aplicados na área.  “Pedi à Secretaria de Desenvolvimento Rural, por exemplo, que identificasse o número de casas de farinha que foram entregues e estão sem funcionar, muitas construídas em governos passados. Somos de cooperativas e entidades. Vamos construir juntos esse efeito dinâmico e levar desenvolvimento para a agricultura familiar”, disse.

Com o tema “O Campo com Gente e com Direitos”, o encontro reuniu cerca de 350 agricultores e agricultoras familiares de todos os 27 territórios de identidade do estado, com o objetivo de dar visibilidade às iniciativas do setor, com enfoque na sustentabilidade e na importância para a economia nacional. “É preciso replicar essa reunião em outras regiões do estado para fortalecer o movimento e compartilhar as boas práticas", destacou Rui. O evento integra a programação em comemoração ao Dia Nacional da Agricultura Familiar, celebrado na última segunda-feira (25). Na ocasião, o governador ainda recebeu uma carta com as principais demandas do segmento.


O FBAF é composto pelas principais organizações, entidades e movimentos sociais representativos da agricultura familiar e reforma agrária do estado.
Secom  - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia
Uma operação da Polícia Civil coordenada pelo Delegado João Kléber Bittencourt Trindade foi cumprido nesta quarta-feira (27) onde foram cumpridos três mandados de busca nos bairros Estocada, Piçarrão e Centro, em Livramento de Nossa Senhora. Durante ação policial foi realizado a apreensão de um caminhão Ford F-4000 com chassi e motor adulterados, um caminhão caçamba Mercedes Benz, placa BHB 7278, também com indícios de adulteração no motor e chassi do veículo.  Ao realizar revista foram encontradas ainda peças de um veículo Fiat Strada, uma grande quantidade de placas de veículos, ferramentas e documentos.  Mediante evidências foi realizada a prisão do suspeito identificado como Gilson Miranda Lima, mais conhecido como ‘Gordo Lima’, de 39 anos pelos. Ainda segundo a polícia, ‘Gordo Lima’ foi novamente detido após ter sido autuado em flagrante por receptação, na Delegacia Guanambi, na última segunda-feira (25). Participaram dessa operação policiais civis dos municípios de Paramirim, Presidente Jânio Quadros e Rio do Antônio.
Fonte: L12.com.br
:
A cerca de um mês da votação final do processo de impeachment no Senado, o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, se diz em seu momento de maior otimismo de que o resultado no Senado e, portanto, o afastamento da presidente Dilma Rousseff será revertido.
"A situação não é mais a mesma de um mês atrás. Evoluiu muito a tese da defesa da democracia, a tese de que se trata de um golpe. A população não quer golpe, a população não quer [Michel] Temer", enfatizou, em entrevista ao 247 por telefone. "Nunca tivemos tanta certeza, nunca estive tão otimista em relação a isso. Tenho certeza que ela vai voltar ao seu cargo e a democracia será restabelecida", completou.
Ele anunciou para agosto uma "retomada" das manifestações de rua contra o impeachment e contra a retirada de direitos dos trabalhadores pelo governo interino. Questionado se não houve um momento de paralisação dos protestos desde que Temer assumiu o Planalto, ele explicou que não há como "fazer uma manifestação atrás da outra, senão há um refluxo do movimento".
"Não dá para ter protesto o tempo inteiro, mas no mês do impeachment haverá muita manifestação", anunciou. Segundo ele, há atos articulados pela CUT marcados para os dias 5, 9 e 20 de agosto, sem contar a grande manifestação do dia 31 de julho, organizada pelo MTST. "Nós vamos derrotar o Temer, os golpistas, a corja da mídia tradicional, esse golpe horroroso. Não vamos permitir que isso aconteça", ressaltou. "Vamos tomar as ruas de vermelho".
Segundo Vagner Freitas, vem sendo feita uma articulação junto aos senadores indecisos em relação ao impeachment para que eles "não votem pelo golpe". Ele afirma ter "certeza" de que a presidente terá os seis votos necessários para a reversão de seu afastamento. "Nunca estive tão otimista quanto à nossa vitória. Os senadores [que votarem pelo impeachment] vão ter suas vidas manchadas politicamente como golpistas. Vamos fazer de tudo para isso", afirmou.
Greve geral

Segundo Vagner Freitas, está sendo construída ao mesmo tempo, entre as maiores centrais sindicais do País, uma greve geral contra a retirada de direitos pelo governo interino. Anúncios recentes de medidas como tempo maior para aposentadoria ou a reformulação da CLT foram motivos para que as centrais se unissem, inclusive as que não são de esquerda, como a UGT e a Força Sindical, de Paulinho da Força (SD).
"Essa unidade nos dá a possibilidade de lutar contra o golpe. Você fortalece a luta contra o golpe", analisou. "Estamos construindo a greve geral, ela nasce como uma reação dos trabalhadores ao que o patrão faz. Nesse momento estão mandando proposta para o Congresso que retira benefícios. O trabalhador vai para a rua, sim. A motivação da greve geral é a retirada de direitos. A greve se consolidará a partir disso, a partir da resistência", disse.


Sobre possibilidade de negociar com o governo interino, rechaçou com firmeza: "De maneira nenhuma, a CUT não negocia com golpista. Nós não reconhecemos golpista. Nós vamos derrubá-lo com a força do povo. O golpe não é contra Dilma, ela também foi um alvo, mas o golpe é contra os trabalhadores". "A gente vai negociar, sim, vai negociar com a presidenta Dilma, que vai voltar a exercer o mandato", acrescentou.
Fonte: Brasil 247
Um homem identificado como Emanuel da Cunha Lopes, 30 anos, foi encontrado morto, com uma cobra sucuri enrolada em seu corpo, às margens de um córrego, no fim da tarde de quarta-feira (01), na cidade de Formosa da Serra Negra, há 481 km de São Luís do Maranhão.
Moradores que presenciaram o incidente, disseram que quando chegaram ao local, viram a cobra enrolada ao corpo da vítima. A cobra depois de tê-lo matado com seu aperto fatal, já estava prestes a engolir o rapaz. Ao se aproximarem, com golpes de paus e outros objetos, moradores da localidade, conseguiram matar a serpente, mas infelizmente o homem já estava sem os sinais vitais.

Ele foi morto por asfixia pela força do animal. O inusitado caso, que chocou toda a população, antes só imaginada em histórias de pescadores, tragicamente tornou-se real, para infelicidade da vítima.
Viatura da 46ª CIPM capota na BA-152 entre Paramirim e Livramento de Nossa SenhoraNa manhã desta terça-feira (26), uma viatura do Pelotão de Emprego Tático Operacional, da 46ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), capotou na BA-152, na estrada de Paramirim para Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste baiano. Segundo informações obtidas pelo site Brumado Notícias, dois policiais militares, Ramon Mascarenhas Cairo e Luan Nascimento Cruz, estavam no veículo no momento do acidente. O Samu 192 prestou os primeiros socorros e encaminhou as vítimas ao hospital mais próximo. Um deles sofreu danos na coluna e está em observação. O acidente teria sido provocado por um caminhão, que tentou uma ultrapassagem indevida. O caso está sendo investigado.
Desde a madrugada, moradores tentam impedir a ação fazendo barricadas. Ex-senador e ex-secretário de Direitos Humanos de São Paulo sentou no chão para impedir avanço de policiais contra moradores
supla.jpg
O ex-senador Eduardo Suplicy (PT-SP) foi detido na manhã de hoje (25) pela Polícia Militar, durante protesto contra a reintegração de posse de aproximadamente 450 famílias da ocupação Terra Pelada, no Jardim Raposo Tavares, zona oeste da cidade de São Paulo. O também ex-secretário de Direitos Humanos da prefeitura de São Paulo sentou-se no chão para impedir o avanço da PM contra os moradores e foi carregado por quatro policiais, que o prenderam por obstrução de Justiça e desobediência. Ele foi levado para o 75º Distrito Policial, no Jardim Arpoador.

A reintegração teve início na madrugada de hoje e está sendo realizada com truculência. A PM já se utilizou de bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha. Os moradores alegam não ter para onde ir e protestam desde cedo contra a ação, montando barricadas e queimando pneus. Um ônibus foi apedrejado no local.

A área pertence à prefeitura de São Paulo, que alega ter solicitado a reintegração de posse porque o local oferece risco aos moradores, por ser um barranco. A administração municipal informou que os moradores foram cadastrados em programas habitacionais e vão receber auxílio-aluguel. A autorização para o despejo foi concedida pela 9ª Câmara de Direito Público do tribunal de Justiça de São Paulo.
A Tropa de Choque chegou ao local por volta das 8h. Uma retroescavadeira chegou a ser usada para retirar as barricadas feitas pelos moradores. Pelo menos cinco linhas de ônibus na região pararam de circular devido à ação da PM e aos protestos.

Segundo a decisão da 9ª Câmara de Direito Público, que determinou a reintegração de posse, o local apresenta alto risco de deslizamento, por ser região de encostas. Um parecer da Defesa Civil aponta que as construções na área são precárias e aumentam os riscos de desabamentos e até mesmo de incêndio. "Há ainda muito lixo e entulho no local, bem como árvores queimadas e visível dano ambiental", diz a avaliação.

Os manifestantes afirmam que já realizaram inúmeras reuniões com a subprefeitura do Butantã sobre o terreno, que tem 11 mil metros quadrados, mas não chegaram a um acordo. A todo, 350 famílias foram cadastradas pela subprefeitura para programas habitacionais em 2013, mas o número já aumentou para 450. Segundo os moradores, as famílias não têm para onde ir.

A Marcha Mundial das Mulheres está recolhendo doações de roupas, alimentos e remédios para as famílias que vivem na ocupação. O local de entrega é o Centro Educacional Unificado (CEU) Uirapuru, na Rua Nazir Miguel, 849, Jardim Paulo VI, zona oeste.
Uma ameaça de bomba interrompeu e suspendeu a prova da OAB na Unijorge, que fica na Avenida Paralela, em Salvador, por volta das 12h40 deste domingo (24). De acordo com a assessoria da instituição, um homem ameaça explodir o local. A situação causou pânico e correria. A polícia informou que não há feridos e que o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) negocia a rendição do rapaz.

 De acordo com a assessoria da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), ainda não há informações sobre a motivação das ameaças. A SSP informou que o suspeito está isolado em uma sala. Por volta das 15h50, o grupo antibomba da Polícia Federal chegou no local.

Um advogado que foi contratado pela família do suspeito chegou à universidade às 16h50, mas não passou mais informações sobre o rapaz.

Segundo Fabrício de Castro Oliveira, Conselheiro Federal da OAB na Bahia, o homem teria entrado em uma sala e pedido para os candidatos saírem em 11 minutos, pois estava em posse de uma bomba pronta para explodir. Neste domingo é realizada a primeira fase do exame da Ordem dos Advogados do Brasil em todo o país. A presidente da comissão do exame da OAB na Bahia, Beta Norma, informou que 3,4 mil pessoas iriam fazer a prova na Unijorge, 6 mil na Bahia.

Ameaça de bomba
O agente penitenciário Jorge Magno relatou que chegou a conversar com suspeito. "Ele estava em uma sala do lado da minha, fui lá e tentei conversar com ele, disse 'rapaz, vamos conversar', e ele disse: 'você tem 12 minutos para deixar o prédio'. Não vi bomba, mas ele estava com duas sacolas e quando eu tentava me aproximar, ele colocava a mão na sacola, então preferi sair", disse o candidato.

O jornalista Alex Soares estava no local à espera da esposa que estava dentro da universidade para fazer a prova. “Ela disse que pediram para todos [os candidatos] deitarem no chão e chegou uma informação de que um homem estava com bomba no corpo”, disse.

 A candidata Suzane Senzano relatou que algumas pessoas ficaram feridas na confusão. “Eu estava no 5° andar. Estava em frente à minha sala quando ouvi um barulho alto. Todo mundo começou a correr. As pessoas foram pisoteadas. Fui correndo para o lado de fora. Me escondi em um condomínio aqui do lado [da universidade]. Perdi algumas coisas que estavam na minha bolsa, as pessoas me empurraram na escada, na hora não senti nada, só saí correndo”,  disse. Não há informações oficiais sobre feridos.

De acordo com um outro candidato que preferiu não se identificar, o homem que estaria com bombas amarradas ao corpo estava na sala ao lado da dele. "Na sala ao lado tinha um cara com um colete, com bombas amarradas e armado. Disseram que outras pessoas armadas estavam com ele também. Nessa confusão, ele abriu a camisa e deu tiro na sala. Ele ainda colocou cadeira e mesa para atrapalhar a saída das pessoas. Foi a maior correria", contou. A polícia não confirma a ocorrência de tiros no local.

 Segundo Luiz Viana, presidente da OAB-BA, uma nova data será marcada para a realização do exame em Salvador.

"A prova está suspensa em Salvador. Vai ser marcada uma nova data garantindo a todos a fazer uma nova prova com tranquilidade. O mais importante é que estão todos do lado de fora e ninguém ficou ferido. A nova data vai ser publicada no site da OAB nacional e no regional", disse.

A Unijorge emitiu nota oficial sobre a situação. Confira o comunicado na íntegra:

Em relação ao incidente que paralisou a realização da primeira fase do exame da OAB, no prédio 1 do campus Paralela da Unijorge, a instituição confirma que o prédio foi evacuado e até o momento não há reféns, vítimas ou feridos. A Polícia Militar está no comando da situação, que está restrita à sala 711, no 7º andar, e atualizará as informações tão logo seja possível.

Trânsito
A via marginal da Avenida Paralela, que dá acesso à universidade, foi bloqueada. O trânsito ficou lento no início da tarde, mas já flui normalmente desde as 15h deste domingo.

Um dos pontos de ônibus que ficam na marginal foi deslocado temporariamente para um canteiro que fica na pista. Os ônibus param na pista direita da avenida principal.

Via G1

: Em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o publicitário João Santana questionou o cerco da Lava Jato ele e a sua mulher, Mônica Moura. Disse que 98% das campanhas políticas no Brasil utilizam caixa dois e que, mesmo assim, ele e a mulher são os únicos presos por esse motivo: “Se tivesse o mesmo rigor que está tendo comigo em relação a essas pessoas, teria uma fila saindo atrás de mim que iria bater em Brasília, chegaria a Manaus. Poderia ser fotografada de satélite”, disse o marqueteiro.
“Acho que precisa rasgar o véu da hipocrisia que cobre as relações políticas eleitorais no Brasil e no mundo”, afirmou, acrescentando que “ou faz a campanha dessa forma, ou não faz”.

Mônica também disse que os partidos não querem declarar o valor real que recebem das empresas: “Não era uma opção minha, era uma prática não só no PT, mas em todos os partidos”.
Faleceu na noite desta quinta-feira (21) em Livramento de Nossa Senhora, por volta das 21h vítima de infarto, Adore Maria Neves Santos de Resende, de 56 anos de idade. Adorê como era mais conhecido na cidade foi candidato a vereador pelo PTB em 2012, pela legenda Para Quem Ama Livramento. Segundo informações obtidas pelo L12 Sudoeste, Adore teria sofrido um infarto, chegou a ser socorrida ao hospital, mas veio a óbito após os médicos tentar reanimá-la. Ainda não temos informações sobre o local de velório e sepultamento. O caso gera comoção na cidade, já que a vítima era atuava no ramo confeitaria, e era bastante conhecida no município.
O desembargador Lourival Almeida Trindade recebeu uma homenagem na última quinta-feira (21) com a aposição de sua fotografia oficial na galeria dos ex-presidentes, no Centro de Memória do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). O presidente do TRE-BA, desembargador Mário Alberto Simões Hirs, falou desse momento de grande alegria e satisfação pessoal em realizar essa cerimônia. “Este é o descerramento que mais fiquei satisfeito em realizar. Doutor Lourival é um homem de posições firmes e com capacidade jurídica inigualável. Vossa excelência agora se eterniza no Tribunal da Bahia." Na ocasião, o desembargador Lourival, que abriu mão do protocolo de discusar,  agradeceu a presença de todos e manifestou sua satisfação diante do ato conduzido pelo presidente Mário Alberto Hirs. Estiveram presentes no evento solene  juízes, desembargadores, membros da Corte Eleitoral e servidores do Tribunal baiano, entre eles a secretária judiciária Marta Gavazza; o secretário da Corregedoria Regional Eleitoral, Ronaldo Moura; o secretário de Gestão de Serviços, Adriano Motta Gallo; o chefe da Seção de Segurança Institucional, Luiz Paulo orreia, e ainda o coordenador de Serviços Administrativos, Lutero Rodrigues da Silva, entre outros.
Fonte: L12.com.br
PF desbarata esquema de desvios da saúde em SSA, Candeias e S F do CondePoliciais federais deflagraram na manhã desta sexta-feira (22) uma operação com objetivo de desbaratar um esquema de desvios de verbas públicas da saúde. As ações ocorrem em Salvador, Candeias e São Francisco do Conde. Nas cidades são cumpridos 24 mandados de busca e apreensão, um mandado de prisão preventiva e sete mandados de condução coercitiva. Cerca de 140 policiais federais participam da ação feita em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU). Segundo a investigação, em licitações e prestações de contas de dois dos municípios envolvidos, a CGU detectou mais de R$ 70 milhões pagos pelas prefeituras sem comprovação dos serviços de saúde. A operação, intitulada de Copérnico, apura um esquema que agia através da criação de empresas e entidades sem fins lucrativos em nome de “laranjas” com as quais eram firmados contratos de gerenciamento integral de hospitais, Unidades de Pronto Atendimento – UPAs e centros de saúde. Ainda segundo a PF, as três irregularidades principais foram: a fraude às licitações, que eram forjadas; a falta de fiscalização, por parte do município, em relação à efetiva prestação do serviço; e a realização de pagamentos com base apenas na declaração emitida pela própria entidade. Na movimentação bancária da principal entidade investigada, entre 2012 e 2015, foram identificadas que as cinco principais beneficiárias de transferências foram empresas pertencentes à própria organização criminosa e o escritório de advocacia cujo sócio constava como procurador de um dos municípios. Os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional da 1ª Região. Os mandados têm por objetivo localizar e apreender provas das fraudes e do superfaturamento nas contratações públicas, assim como encerrar ameaças que vinham sendo feitas a testemunhas. Informações Bahia Notícias
Delegado que já atuou em Brumado tem braço fraturado em audiência em PindaíUma mulher compareceu à delegacia da cidade de Pindaí, no sudoeste baiano, alegando ter sido agredida pelo companheiro, o militar Egescionides Rosa dos Santos, de 40 anos. O mesmo foi intimado para uma audiência no local a fim de prestar esclarecimentos sobre o caso. Segundo informações do Folha do Vale, durante o interrogatório, ele ficou bastante alterado e ameaçou agredir o delegado de polícia, titular da cidade, Nilo Ebraim, que já atuou na cidade de Brumado. Ebraim solicitou apoio ao 2º pelotão da 5ª Cia. Ao chegarem ao local, dois policiais militares presenciaram o homem agredindo o delegado. Os soldados tentaram conter o militar e também foram agredidos. Na confusão, o delegado teve o braço fraturado devido a um chute do agressor. Após ser contido, Egescionides foi conduzido para a sede da 22ª Coordenadoria de Polícia Civil. Além das agressões físicas praticadas contra a esposa, o delegado e os policiais militares, o homem ainda danificou um celular operacional e fez ameaças. O mesmo é conhecido na cidade por ser uma pessoa violenta.
Fonte: Brumado Noticias
Partidos já podem escolher candidatos para eleição municipal
A partir de hoje (20), os partidos políticos poderão realizar as convenções partidárias para escolher os candidatos que vão concorrer às eleições, em outubro, para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. As convenções poderão ser feitas até o dia 5 de agosto. Também a partir desta quarta-feira, juízes que forem cônjuges ou parentes de candidatos não poderão exercer algumas funções. De acordo com o TSE, pai, mãe e filhos são considerados parentes consanguíneos em primeiro grau. Já irmãos, avós e netos são de segundo grau. São considerados parentes por afinidade em primeiro grau sogro, sogra, genros e noras e de segundo grau, padrasto, madrasta, enteados e cunhados.

Nove especialistas estrangeiros em direitos humanos constituem júri para analisar processo contra o Estado democrático e concluem pela nulidade do afastamento da presidenta
tribunal.jpg
O processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff se caracteriza como um golpe ao Estado democrático de direito e deve ser declarado nulo em todos os seus efeitos. Esta foi a tônica da sentença proferida hoje (20) pelos nove especialistas internacionais em direitos humanos que constituíram o júri do Tribunal Internacional Sobre a Democracia no Brasil, evento organizado no Rio de Janeiro pela Via Campesina, a Frente Brasil Popular e a Frente de Juristas pela Democracia. Segundo a sentença, que será encaminhada ainda esta semana aos senadores e aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), “o processo de impeachment da presidenta da República, nos termos da decisão de sua admissibilidade pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, viola todos os princípios do processo democrático e da ordem constitucional brasileira”.
Participaram do corpo de jurados o bispo mexicano Raul Veras, que ficou conhecido por suas ações em prol dos direitos humanos quando era frei dominicano e concorreu ao Prêmio Nobel da Paz em 2010; o advogado e político mexicano Jaime Cárdenas; o jurista italiano Giovanni Tognoni, membro do Tribunal Permanente dos Povos; a senadora pelo Partido Comunista Francês Laurence Cohen; a filósofa espanhola Maria José Dulce, especialista em temas ligados à globalização; a advogada norte-americana com ascendência iraquiana Azadeh Shahshahani, especializada em defesa dos direitos humanos de imigrantes muçulmanos; o jurista e acadêmico costa-riquenho Walter Montealegre; o professor de Direito colombiano Carlos Augusto Argoti, da Universidade de Rosário, em Bogotá; e o argentino Alberto Felipe, professor da Universidade Nacional de Lanús.
Antes de proferir a sentença, os jurados tiveram de responder a quatro perguntas apresentadas pelo presidente do Tribunal, o jurista Juarez Tavares: 1) O impedimento da presidenta da República, em conformidade com os termos de sua tramitação no Congresso Nacional, viola a Constituição da República?; 2) O procedimento de impeachment, sem obter a demonstração do cometimento de delito de responsabilidade pela presidenta da República, se caracteriza como golpe parlamentar?; 3) No curso do procedimento de impeachment, o devido processo legal, cláusula constitucional com igual respaldo na Convenção Americana de Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica) tem sido violada?; 4) O procedimento de impeachment caracterizado como golpe parlamentar deve ser declarado nulo e, portanto, também todos os seus efeitos?
Após ouvir as testemunhas e sustentações orais da acusação e da defesa e examinar todos os documentos, pareceres e declarações constantes dos autos, o júri internacional por unanimidade respondeu sim às quatro perguntas propostas por Tavares: “O fundamento comum de todos os pronunciamentos ofertados no Tribunal reside na vacuidade do pedido de impeachment e na inexistência de delito de responsabilidade ou de conduta dolosa que implique um atentado à Constituição da República e aos fundamentos do Estado brasileiro. Os jurados entenderam que o impedimento neste caso se caracteriza como verdadeiro golpe ao Estado Democrático de Direito e deve ser declarado nulo em todos os seus efeitos”, diz a sentença.
Sem crime de responsabilidade
Os jurados também consideraram que, no que diz respeito ao objeto do processo autorizado pelo STF e analisado pelo Congresso Nacional, as chamadas “pedaladas fiscais”, está provado que Dilma não cometeu crime de responsabilidade, o que justificaria seu impedimento: “Como se depreende do Artigo 85 da Constituição, não há que se confundir entre violação do orçamento e violação das regras de sua execução financeira. Estas últimas estão vinculadas às normas de administração financeira e não à lei orçamentária. Uma vez que não são normas orçamentárias, a sua violação não pode ser objeto de crime de responsabilidade”, diz a sentença.
Por seu turno, prosseguem os jurados, “os decretos expedidos pela presidenta da República e contestados no pedido de impeachment se destinavam à abertura de créditos suplementares necessários à execução do orçamento e estavam todos devidamente autorizados pelo Artigo 4 da Lei de Orçamento Anual de 2015”. Assim, segundo os julgadores internacionais, não se configuram como créditos abertos sem autorização.“Deve-se dizer ademais que essas aberturas de crédito não aumentaram os gastos da União. Mais de 70% dos créditos suplementares obedeciam a uma determinação do Tribunal de Contas da União. Isso implica que a presidenta da República, neste caso, ao expedi-los, limitava-se a cumprir um dever legal.”
Quanto ao suposto descumprimento, por parte da União, de dívidas com o Banco do Brasil relativas ao financiamento agrícola, ficou demonstrado, segundo o júri, que não havia prazo fixado para o pagamento, o que elimina a alegação de atraso: “Não se trata de empréstimo ou de abertura de crédito, mas sim de subvenção para que se efetuassem atos imprescindíveis à consecução da política agrária brasileira conforme as demandas populares pelas quais a presidente foi eleita. O atraso é irrelevante, pois todos os empréstimos foram quitados. Também neste caso as imputações feitas à presidenta da República não constituem crime de responsabilidade”, diz a sentença.
Mídia e Judiciário
A sentença proferida pelo júri composto por nove especialistas internacionais também procurou caracterizar o golpe em curso no Brasil: “Os golpes de Estado não podem ser reduzidos somente a intentonas militares, ainda que estas tenham sido sua forma mais comum. Também são caracterizados como golpes de Estado aqueles atos de destituição de governantes legitimamente eleitos quando tomados em desconformidade com as regras constitucionais e em violação de tratados e convenções internacionais. Essa violação pode acontecer tanto por decisão do Parlamento quanto da Suprema Corte. Na América Latina são paradigmáticos os golpes de Estado produzidos pelo Parlamento desde 1859, quando no Peru o governo foi destituído. Mais recentemente, isso aconteceu em Honduras em 2009 e no Paraguai em 2012”.
No Brasil, disseram os jurados, “o golpe está assentado não só na decisão parlamentar, mas também na legitimação que essa decisão política obteve no Poder Judiciário, que não enfrenta questões de fundo importantes, como a ocorrência ou não do crime de responsabilidade ou a violação de princípios constitucionais relacionados ao contraditório, à ampla defesa e à fundamentação das decisões”. O papel da mídia também não foi esquecido na sentença: “O golpe pode ser visto no reforço da agressiva desconstrução efetuada pelos meios de comunicação de massa da própria pessoa da presidenta, demonstrando – por vezes de modo disfarçado, por vezes notório – um preconceito machista”.

Segundo os jurados, “o golpe em curso no Brasil também incorpora outras motivações, como o mal-estar das elites frente ao acesso das camadas mais pobres da população aos recursos da sociedade de consumo e também frente à ampliação dos gastos com programas sociais de integração necessários ao cumprimento de finalidades expressas na Constituição brasileira em seu Artigo 3, como a redução da pobreza e da marginalização e a redução das desigualdades sociais e regionais”.
A cidade de Rio do Pires perde uma grande pessoa, um líder, um homem simples, humilde que sempre estava com as portas da sua casa aberta para o povo, sempre com um sorriso estampado no rosto. José Macedo morreu hoje terça feira 19/07/2016, ele tinha 96 anos, nasceu no povoado de Icós Município de Caturama, mudou-se para a Rio do Pires, trabalhou por muito tempo no Cartório de Registro Civil e Tabelionato, foi uns dos fundadores da cidade de Rio do Pires, ingressou na politica na década de 80, governou a cidade por 2 vez, a primeira de 1982 a 1988 juntamente com Nelson José de Oliveira como vice, foi eleito novamente em 1996 governou até 2000 desta vez tendo como Vice Paulo Prado, realizou várias obras de infraestrutura, pavimentação de viárias ruas, construção da Praça da Feira em Varzinha, construção da Sede da Prefeitura, construiu também  o Cemitério novo no Bairro Poço D'Água e foi destaque na área de Saúde “Rio do Pires perde um grande homem”

O velório ocorrerá na sua residencia e será sepultado as 16:00 horas no cemitério novo no Poço D'Água.  
O Ministério do Turismo (MTur) excluiu as cidades de Paramirim, Jussiape e Érico Cardoso do chamado Mapa do Turismo Brasileiro, é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua  construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros. Para a atualização do mapa, foram realizadas oficinas e reuniões em todas as 27 UFs e a validação do mapa foi feita pelos estados e Distrito Federal em seus respectivos Fóruns ou Conselhos Estaduais do Turismo. Conforme informações do Ministério do Turismo as cidades ficaram fora pelo fato de não terem criado um órgão responsável pelo turismo, seja secretaria, fundação, coordenadoria, gerência, departamento ou diretoria, com orçamento próprio. Elas também precisariam assinar um termo de compromissos, como prevê a portaria do MTur que organiza o Mapa do Turismo Brasileiro. De acordo com o novo mapa, 29% (630) dos municípios estão nas categorias A, B e C. Esses municípios concentram 93% do fluxo de turistas doméstico e 100% do fluxo internacional. Os demais 1.545 municípios, que representam 71% dos casos, figuram nas categorias D e E. Esses destinos não possuem fluxo turístico nacional e internacional expressivo, no entanto alguns possuem papel importante no fluxo turístico regional e precisam de apoio para a geração e formalização de empregos e estabelecimentos de hospedagem. O Tribunal de Contas da União e o Senado Federal reconhecem o Mapa do Turismo Brasileiro como um instrumento de gestão para orientar no desenvolvimento de políticas públicas regionalizadas e descentralizadas. A atualização periódica do documento se torna, portanto, fundamental para que esse instrumento seja eficaz e respeite o princípio de eficiência da Administração Pública.
Analisando a obra de Rousseau - O Contrato Social -, percebemos que aquele que fere o pacto social deve ser segregado. Contudo, em nosso país essa realidade está cada vez mais distante, considerando a política "assistencialista" voltada para o criminoso. E como se isso não bastasse, as investidas contra nós policiais estão cada vez mais acerbas, colocando-nos sempre na berlinda, numa situação de eterna suspeição. Sob o pretexto de defesa dos direitos humanos, tem sido recorrente a criação de mecanismos legais que favorecem aqueles que ferem o tratado social, em detrimento dos que os combatem.

Em toda categoria profissional há aqueles que prestam bons e maus serviços. No universo dos policiais isso não é diferente! Agora... fazer da exceção a regra, termina por ofender aqueles que no dia a dia defendem a sociedade, com dedicação e denodo, mesmo com o risco da própria vida, conforme compromisso assumido por ocasião da conclusão do curso de formação policial a que foram submetidos.

Nós, que integramos a sociedade, todos nós, indistintamente, devemos entender que a única barreira, o único obstáculo que existe entre nós e os criminosos é a POLÍCIA! O reconhecimento dos serviços prestados por esses profissionais de segurança pública representa, ao nosso ver, uma medida inteligente e, acima de tudo, um estímulo ao incessante combate,  principalmente considerando a atual conjuntura do nosso país, em que é visível o recrudescimento do crime! Preparada ou não, é a polícia que irá guerrear contra esses facínoras, os quais a cada dia nos fazem recuar, impedindo-nos de andar livremente pelas ruas, deixando-nos aturdidos e temerosos.

Durante os mais de trinta anos de trabalho no campo da segurança pública, temos acompanhado, de perto, que, dificilmente, pessoas idôneas, íntegras, têm suas vidas ceifadas por criminosos, exceção feita àquelas vítimas de latrocínio. Temos constatado, sim, que, na maioria das vezes, criminosos matam criminosos, envolvidos todos eles com o narcotráfico, que se alastra trazendo sérios problemas à sociedade.

As polícias têm se empenhado intensamente no combate ao crime, com todas as suas dificuldades - que não são poucas -, e o amparo da sociedade assume caráter relevante para o cumprimento de uma missão por demais espinhosa. Como Comandante de uma Unidade Operacional PM, temos percebido o esforço ingente de cada policial no sentido de cumprir a sua missão, em muitas das vezes valendo-se do seu período de folga e de descanso junto aos seus familiares. Assim, que possamos bradar, nos quatro cantos das nossas cidades, que temos uma POLÍCIA que nos é motivo de orgulho!

Por Irlando Oliveira*