quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Dilma tem 54% e Aécio 46% dos votos válidos, diz pesquisa Ibope

Segundo a pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (23) a candidata à Presidência da República Dilma Rousseff (PT) ampliou a vantagem em relação a Aécio Neves (PSDB) e chegou a 54% dos votos válidos, contra 46% do tucano. Ao se considerar brancos, nulos e indecisos, a petista tem 49% contra 41% de seu concorrente. A pesquisa encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo mostrou crescimento de Dilma em relação ao último levantamento do instituto, quando Aécio tinha 51% dos votos válidos. O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios entre os dias 20 e 22 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01168/2014
Fonte: Bahia Notícias

Datafolha: em votos válidos, Dilma tem 53% e Aécio, 47%

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 23, mostra que a candidata do PT, Dilma Rousseff, lidera a corrida ao Palácio do Planalto com 53% das intenções de voto, contra 47% do candidato do PSDB Aécio Neves, considerando-se os votos válidos. No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 22, Dilma tinha 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos. Levando em conta os votos totais, Dilma tem 48% e Aécio, 42%. Os votos em branco e nulos somam 5%, o mesmo porcentual dos indecisos. No primeiro turno das eleições, Dilma teve 41,59% dos votos válidos e Aécio, 33,55%. A pesquisa avaliou também a taxa de rejeição dos dois candidatos: 41% dos eleitores disseram que não votariam de jeito nenhum em Aécio Neves e 37% em Dilma Rousseff. Na pesquisa divulgada em 9 de outubro, as taxas eram respectivamente de 34% e 43%. Sobre a aprovação do governo Dilma, o porcentual de eleitores que o consideram bom ou ótimo passou de 39% para 37%. O instituto não divulgou até este momento os porcentuais de avaliação ‘regular’ e ‘ruim ou péssima’. A pesquisa, encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo, fez 9.910 entrevistas em 399 municípios nos dia 22 e 23 de outubro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01162/2014.
Informações Politica Livre

Ibope: taxa de rejeição de Aécio sobe de 35% para 42%

A Pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo mostra que, pela primeira vez, a taxa de rejeição do candidato do PSDB, Aécio Neves, é maior do que a da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT). A rejeição a Aécio subiu de 35% para 42% de uma semana para cá e a de Dilma se manteve em 36%. A pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo entrevistou 3.010 eleitores entre 20 e 22 de setembro em 203 municípios de todo o País. A margem de erro máxima é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, em um nível de confiança estimado de 95%. Ou seja, se fossem feitas 100 pesquisas idênticas a esta, 95 deveriam apresentar resultados dentro da margem de erro. A pesquisa foi registrada na Justiça eleitoral com o número BR-01168/2014.

Após PT pedir convocação de Aécio à CPI, PSDB quer Dilma

Na guerra de requerimentos na CPI mista da Petrobras, antes do segundo turno, o PSDB decidiu contra-atacar o PT. Os petistas apresentaram pedidos para convocar o presidenciável tucano Aécio Neves e outros quatro integrantes do partido a fim de investigar se integrantes da legenda se beneficiaram do esquema de corrupção na estatal. O PSDB, por sua vez, decidiu devolver na mesma moeda e apresentou nesta quinta-feira, por meio do deputado Izalci (DF), requerimentos para chamar a candidata à reeleição Dilma Rousseff e o ex-ministro Antonio Palocci para falar sobre o financiamento eleitoral da campanha dela em 2010. Izalci pede que Dilma seja convidada para falar à CPI sobre reportagem publicada no final do mês passado pela revista Veja, segundo a qual o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou nos depoimentos prestados na delação premiada que, em 2010, havia sido procurado por Palocci, então coordenador do comitê eleitoral do PT, para repassar R$ 2 milhões para a campanha de Dilma, por meio do doleiro Alberto Youssef. Por se tratar de convite, caso seja aprovado, Dilma pode recusar a comparecer. No caso de Palocci, pelos mesmos fatos, o deputado do PSDB quer convocá-lo. Se o pedido for aprovado, ele não pode se recusar a comparecer à CPI mista. Nos bastidores, o pedido dos tucanos tem mais cunho político para marcar posição, tendo por objetivo fazer o contraponto da ofensiva à petista. Ou seja, eles nem sequer devem ser apreciados. No início das investigações da CPI, os deputados do DEM Rodrigo Maia (RJ) e Onyx Lorenzoni haviam apresentado um pedido para convocar Dilma para que ela falasse, entre outros fatos, sobre a suspeita de irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA). No início de junho, o presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), se recusou a colocar em votação o requerimento com a justificativa de que não havia amparo regimental para ouvir Dilma.
Fonte: Politica Livre

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Dilma mantém 52% e Aécio 48%, diz Datafolha

Dilma mantém 52% e Aécio 48%, diz DatafolhaPesquisa Datafolha divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo nesta quarta-feira (22) mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) numericamente à frente do candidato do PSDB, Aécio Neves, mas em situação de empate técnico. Em votos válidos, Dilma manteve os 52% do levantamento divulgado na segunda-feira, 20, e Aécio, 48%. Em votos totais, Dilma oscilou de 46% para 47% e Aécio manteve 43%. Brancos e nulos oscilaram de 5% para 6% e indecisos foram de 6% para 4%. A pesquisa mostra também que 82% dos eleitores de Dilma acreditam que ela será reeleita no domingo. No grupo dos que votam em Aécio, 78% acham que o vencedor do pleito será ele. A pesquisa Datafolha, contratada pelo jornal Folha de S. Paulo, ouviu 4.355 eleitores nesta terça-feira, 21, em 256 municípios de todo o País. A margem de erro é de dois pontos porcentuais e o nível de confiança, de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro prevista. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01160/2014.

Fonte: Bahia Notícias

Leticia Sabatella critica campanha de Aécio por uso indevido de imagens de artistas globais

Leticia Sabatella critica campanha de Aécio por uso indevido de imagens de artistas globaisA atriz Leticia Sabatella usou as redes sociais para criticar a propaganda eleitoral do candidato Aécio Neves à presidência. A artista denunciou o uso de imagens de diversos atores de forma descontextualizada e sem autorização na campanha do político tucano. ‘‘Acabo de assistir, com muita indignação, um vídeo de propaganda política pró candidato Aécio Neves, utilizando imagens de vários atores que haviam sido feitas pra campanha do Gota D'água, contra a realização da Usina de Belo Monte, em defesa das populações e das áreas atingidas, naquela região. Eu quero deixar bem claro, que isto é um roubo, um desrespeito. Eu não vou votar em Aécio Neves! Nenhum daqueles atores deram sua autorização para constar suas imagens e depoimentos, descontextualizados, naquele vídeo de propaganda pró PSDB! Trata-se de uma enorme MENTIRA! Quem puder , por gentileza, compartilhe. Grata. Leticia Sabatella”, escreveu no Facebook, na tarde desta terça-feira (21). Após requerimento do advogado da atriz, a veiculação do vídeo foi suspensa. “Acredito que não tenha sido diretamente do comitê do candidato Aécio Neves, a autoria da montagem mentirosa. Por um instante até pensei. Mas o fato é que me forçou a declarar meu não voto no candidato e esclarecer a manipulação. Em nome da verdade. Da minha liberdade de escolha”, escreveu Sabatella em uma nova postagem.
Fonte: Bahia Noticias